Com 775.399 seguidores no Facebook, a página “Pernambuco Ordinário” teve seu perfil hackeado na última segunda-feira (24).

Uma das maiores páginas de cultura e humor Nordestino com alcance médio de 17 milhões por mês foi invadida ontem por volta das 17h deixando vários fãs sem entender a pausa na programação. Por volta das 18h, a página foi ocultada (tirada do ar) só voltando hoje pela manhã com conteúdo destinado ao público árabe. De origem recifense, a página foi criada em 6 de maio de 2016. E, desde então, tornou-se muito popular entre os pernambucanos que moram fora do país.

Segundo informações da administração do  ‘Pernambuco Ordinário’, o golpe tem sido aplicado em várias páginas de grande alcance no Facebook e funciona da seguinte forma: os golpistas entram em contato pela caixa de mensagem da página (inbox) dizendo ter interesse em anunciar na página, durante as negociações, já através do aplicativo WhatsApp, usam um formulário idêntico ao utilizado pelos sistemas de monetização do próprio Facebook. Quando o administrador clica, automaticamente ele dá acesso aos criminosos que  assumem o controle da página. Após assumirem o controle passam a negociar valores em dólar para devolvê-la ao antigo proprietário.

Cibercrime é a palavra dada a uma prática que consiste em fraudar a segurança de computadores ou de redes empresariais. Segundo o consultor de internet Márcio Calheiros, os crimes cometidos hoje no Facebook estão cada vez mais fáceis de serem rastreados uma vez que a própria plataforma detém especialistas e tem ampliado seus investimentos em segurança. Geralmente esses ataques são de perfis do leste europeu e Índia e utilizam fotos de pessoas reais para criar uma conta na rede social. Autenticação de dois fatores é a melhor forma de prevenir um ataque a sua conta.

Perfil falsou que encontrou em contato com a página Pernambuco Ordinário como representante de agência de anúncios e aplicou o golpe.* (Facebook/ Reprodução)
AJUDE DENUNCIANDO ESTE PERFIL

https://www.facebook.com/LisaBretherton11

Na noite de ontem (24), os invasores retiraram a página do ar. No entanto, hoje (25), já a reativaram e estão publicando conteúdo que foge do foco da Pernambuco Ordinário.

Conteúdo publicado pelos invasores da página recifense Pernambuco Ordinário, na tarde desta terça-feira (25). (Facebook/ Reprodução)

CASO DE POLÍCIA

Ainda não foi identificado quem é o autor da invasão. Os proprietários tentaram contatar a equipe do Facebook Brasil, porém não tiveram nenhum apoio.

“Infelizmente, em casos como esse, as medidas tomadas pelo Facebook são precárias. Já entramos em contato com o escritório da rede social aqui no Brasil, mas não nos foi esclarecido nada. É algo muito incerto”, disse um dos donos que prefere manter sua identidade protegida.

Dessa forma, restou-lhes recorrer à Justiça para que as devidas ações sejam tomadas e para que se investigue quem está por trás desse tipo de golpe.

Segundo Tiago de Paula, profissional de TI, a gama de golpes é imensa e impressiona pela criatividade dos ciberataques. A pedido da nossa redação ele listou algumas forma de prevenção. Confira abaixo.

COMO EVITAR GOLPES E FRAUDES NA INTERNET

1. Nunca envie dinheiro para alguém que você nunca conheceu pessoalmente e que não confie. 

2. Não clique em links ou abra anexos em emails não solicitados. Links podem baixar vírus em seu computador e / ou roubar sua identidade. Seja cauteloso mesmo com emails que pareçam familiares; poderia ser falso.

3. Não acredite em tudo que você vê. Os golpistas são ótimos para imitar selos oficiais, fontes e outros detalhes. Só porque um site ou e-mail parece oficial não significa que é. Até mesmo o identificador de chamadas pode ser falsificado.

4. Não compre on-line, a menos que a transação seja segura. Verifique se o site tem “https” no URL (o s extra é para “seguro”) e um pequeno ícone de cadeado na barra de endereço. Leia opiniões sobre a qualidade da mercadoria e certifique-se de que não está comprando produtos baratos e / ou falsificados.

5. Seja extremamente cauteloso ao lidar com alguém que você conheceu on-line. Golpistas usam sites de namoro, sites de classificados, redes sociais e muitos outros sites para alcançar alvos em potencial. Eles podem rapidamente se sentir como um amigo ou até mesmo um parceiro romântico, mas isso faz parte do engodo para que você confie neles.

6. Nunca compartilhe informações pessoalmente identificáveis ​​com alguém que tenha entrado em contato com você, seja por telefone, por e-mail, em mídias sociais e até mesmo na sua porta de casa. Isso inclui informações bancárias e de cartão de crédito, sua data de nascimento e números do Seguro Social / Previdência.

7. Não seja pressionado a agir imediatamente. Os golpistas geralmente tentam fazer você pensar que algo é escasso ou uma oferta por tempo limitado. Eles querem colocá-lo em ação antes que você tenha tempo para pensar ou discutir a ideia om um membro da família, amigo ou consultor financeiro. Táticas de vendas de alta pressão também são usadas por algumas empresas legítimas, mas nunca é uma boa ideia tomar uma decisão importante rapidamente.

8. Use transações seguras e rastreáveis ​​ao efetuar pagamentos de mercadorias, serviços, impostos e débitos. Não pague por transferência bancária, cartão de dinheiro pré-pago, cartão de presente ou outro método de pagamento não tradicional. Diga não a ofertas somente em dinheiro, táticas de vendas de alta pressão, pagamentos iniciais altos, pagamentos em excesso e negócios sem um contrato.

9. Seja cauteloso com o que você compartilha nas redes sociais e considere se conectar apenas com pessoas que você já conhece. Certifique-se de usar as configurações de privacidade em todas as redes sociais e contas online. Os impostores geralmente obtêm informações sobre seus alvos a partir de suas interações on-line e podem se aproximar como um amigo ou membro da família porque sabem muitas coisas sobre você.

 

Leave a comment