#1 É uma vida mais “pé no chão”
Pra que viver com os pensamentos no mundo da lua, aspirando grandes sonhos, quando pode se deliciar com um sonho de padaria ou um sonho de valsa?

#2 Casamento por amor
Se você vive quase sempre liso e, mesmo assim, tem um amorzinho pra chamar de seu e se aquecer nas noites mais frias, acredite: é amor verdadeiro.

#3 É atlético
A gente não entende pra que o povo gasta dinheiro com academia e coisa parecida, se corrida para não perder o ônibus ou metrô é de graça; nas piores das situações, fazer todo o trajeto à pé porque o vale-transporte acabou.

#4 Anti vendedores chatos
Existe uma técnica milenar para espantar aquele vendedor chato: “moço, eu posso até aceitar comprar, mas pagar já é outra coisa totalmente diferente.”

#5 Amigos mais chegados que irmãos
Nunca vai arrumar confusão com amigos por causa de dinheiro emprestado: até porque, eles sabem que você é liso e não vai poder emprestar mesmo.

#6 Um mundo de aventuras e criatividade
Nunca se sabe se a grana vai durar até o próximo pagamento do salário. Nessas horas, “se virar” das mais diversas maneiras é uma das nossas maiores habilidades — talvez a água doce acabe, mas a criatividade do pobre, não.

#7 Anti-estresse
Sofrer com o trânsito para poder chegar à praia? Pegar fila de avião ou trem? Tô fora! No feriado, prefiro a comodidade da minha casinha.

#8 Sabe extrair o melhor das piores situações
A gente segue fielmente o ditado que diz “é rir pra não chorar”. Então, quem é pobre consegue achar graça onde ninguém mais consegue. Afinal, a vida já é tão difícil, pra que complicá-la mais ainda?

#9 Kit anti batedores de carteira
Não vai precisar levar a carteira pra todo lugar que vai, afinal não tem nada de valor dentro mesmo. Assim espantando os ladrãozinhos.

#10 É muito mais grato
Quando se vive com pouco (e, às vezes, no limite), se faz necessário entender de onde vem cada coisinha que consegue. Cada centavo é um troféu. Em um mundo onde o desperdício é moda, o pobre vive no futuro.

Leave a comment